LG Portugal

2020-10-14T10:49:08+00:00Outubro 14, 2020|Opinião|

Responsabilidade Social LG Portugal

Os tempos sem precedentes que vivemos impuseram novos desafios que exigem um enorme esforço por parte de todos, nomeadamente, pelos pequenos negócios, que viram a sua atividade afetada durante longos meses.

Enquanto entidade responsável, a LG Portugal quis assim dar o seu apoio à economia nacional e doou, em maio, 3.500 kits de proteção individual a centenas de espaços comerciais por todo o país, promovendo o regresso ao trabalho com segurança e confiança.

Esta iniciativa surgiu a partir do ADN da empresa que tem vindo a desenvolver grandes projetos de responsabilidade social e sustentabilidade em todo o mundo, especialmente no que diz respeito à problemática do lixo eletrónico.

Sabe-se que, quando devidamente tratados, a maior parte dos componentes utilizados nos equipamentos elétricos e eletrónicos pode ser reaproveitada e transformada em matérias primas secundárias e incorporadas em novos produtos. Para a LG, esta é uma das suas maiores preocupações há mais de 25 anos, altura em que implementou sistemas de gestão ambiental ao longo do ciclo de vida dos seus produtos, de forma a reduzir a sua pegada ambiental.

Neste âmbito, uma das suas maiores inovações é a política de eco design implementada nível mundial: um processo de montagem dos seus televisores que garante que o seu desmantelamento permita a reciclagem de grande parte dos componentes. Aqui também as embalagens são consideradas e avaliadas tendo em conta o cumprimento de 22 pontos-chave, como a redução do volume e peso, otimização da eficiência logística e uso mínimo de substâncias perigosas.

Assim, num contexto em que, cada vez mais, é imperativo reduzir, reciclar e reutilizar, o lixo eletrónico assume-se como um problema, porque nem toda a gente sabe o que fazer com os equipamentos eletrónicos que avariam ou que já não utilizam. Atualmente, a maior parte destes resíduos termina em aterros contribuindo para que os metais tóxicos libertados contaminem o ambiente e a saúde humana.

É assim muito importante que a população, o governo e as grandes empresas contribuam para a resolução do problema através da educação e informação, razão pela qual a LG tem sido uma grande parceira da ERP Portugal, desafiando a sociedade a repensar a sua atitude perante o lixo eletrónico. Para o efeito, organizou, em 2019, o e-Waste Summit, um encontro que reuniu profissionais de vários setores para debater esta problemática e lançar as bases para o desenvolvimento de soluções. Além disso, as duas instituições têm levado a cabo outros projetos, tal como a Geração Depositrão, uma iniciativa feita com as escolas, que conta com o envolvimento de mais de 900 entidades, 420 mil alunos e cerca de 40 mil professores.

Artigo assinado por:

Hugo Jorge, Marketing Director da LG Portugal